Samba Rural com sotaque paulista

Por Pedro Neto

Marcelo Manzatti e Mário Augusto da UPPH, entrega da solicitação do registro – foto Pedro Neto

O Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais desde seu nascimento, há 10 anos já possuía intima relação com o Samba Rural Paulista ou Samba de Bumbo, principalmente pela relação de nosso atual presidente Marcelo Manzatti com o tema e seus fazedores. Marcelo estudou os Sambas de Bumbo do Estado de São Paulo durante anos até a defesa de sua tese de mestrado intitulada “Samba Paulista, do centro cafeeiro à periferia do centro: estudo sobre o Samba de Bumbo ou Samba Rural Paulista” em 2005 na PUC –SP. Sobre o Samba de Bumbo Manzatti diz: “No Estado de São Paulo, assim como todas as regiões onde houve forte presença negra, ocorre uma modalidade de Samba muito especial denominada, de acordo com a época e a localidade, Samba Antigo, Samba Caipira, Samba Campineiro, Samba de Pirapora, Samba de Terreiro, Samba de Umbigada, Samba Lenço, Samba Paulista, Samba Sertanejo, ou, entre seus praticantes, simplesmente Samba. O termo Samba de Roda, mais conhecido e associado à modalidade praticada na Bahia, também é utilizado pelos sambistas de Pirapora do Bom Jesus e de Campinas para esta manifestação, que os estudiosos do assunto, por sua vez, preferem denominar Samba Rural ou Samba de Bumbo.”.

Desde 2005 tentamos, por inúmeras vezes colocar em pauta o registro e construção do inventário do Samba Rural Paulista, projetos inteiros foram redigidos, orçamentos elaborados, muitas reuniões com os grupos e comunidades construídas.

Também durante este período incluímos grupos de Sambas de Bumbo em nossas curadorias e produções executivas. Na ultima Virada Cultural (18 e 19/05/2013) da cidade de São Paulo, com a curadoria de Tião Soares, nosso atual vice-presidente, estavam lá 12 grupos se apresentando e trazendo seus Bumbos.

Em 12 de maio de 2012, em Capela das Palmeiras, bairro de Cururuquara, Santana do Parnaíba, o Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais realizou uma reunião com quase todos os grupos de Samba Rural Paulista do Estado de São Paulo, nesta reunião todos os grupos decidiram e assinaram o pedido para registrar o Samba de Bumbo como patrimônio imaterial do Estado de São Paulo.

Em 08 de outubro de 2013, o Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais entregou no protocolo da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo a solicitação dos grupos para o Colegiado do CONDEPHAAT.

Nesta fase fomos acompanhados e assessorados pela Elisabete Mitiko Watanabe e pelo sociólogo Mário Augusto Medeiros da Silva, técnico do Grupo de Estudos de Inventário, ambos da Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico – UPPH da Secretaria de Estado da Cultura.

Em sua Sessão Ordinária de 15 de abril de 2013, Ata n0. 1703, o Colegiado do CONDEPHAAT, deliberou aprovar, por unanimidade, o parecer do Conselheiro Relator, favorável à abertura de estudo de registro do Samba Rural Paulista como Patrimônio Imaterial do Estado de São Paulo.

O pedido de registro do Samba de Bumbo como Patrimônio Imaterial foi apresentado pelo Fórum também ao IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Ministério da Cultura. Conversamos sobre o pedido durante o Encontro de Culturas Populares e Tradicionais que ocorreu de 1 a 6/10/2013 no Sesc Itaquera, na reunião que precedeu a entrega do pedido. A diretora do Departamento de Patrimônio Imaterial do IPHAN, Sra. Célia Corsino, demonstrou disponibilidade em lutar pelo início do processo de inventário e irá se reunir com o Secretário de Estado da Cultura de São Paulo sobre o assunto na primeira oportunidade.

A ideia, agora, é mobilizar novamente as lideranças das comunidades e grupos existentes para a continuidade dos trabalhos.

Samba de Bumbo no Vale do Anhangabaú – Virada Cultural 2013 foto Felipe Torres

Agradecemos todos que de alguma maneira contribuem para o fortalecimento e desenvolvimento do nosso Samba Negro Paulista. Em especial as comunidades: Samba Lenço de Mauá, Samba de Bundo Vovô da Serra Japí de Pirapora do Bom Jesus, Samba de Roda da Dona Aurora de Vinhedo, Ingoma Paulista, Samba do Cururuguara de Santana do Parnaíba, Urucungos de Campinas, Samba Caipira os Filhos da Quadra, Teatro Popular Solano Trindade – Embu das Artes, Grito da Noite, Samba Lenço de Piracicaba e Samba de Roda de Pirapora do Bom Jesus, Votubumbá, Piragalo e grupo Sambaqui.

Foto da Capa de Felipe Torres: Mestre Márcio Risonho de Pirapora durante o Cortejo das Culturas Populares na Virada Cultural 2013.

Comments: 1

  • Pedro Neto outubro 23, 2013

    Errata: O correto é: Em 08 de outubro de 2012, o Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais entregou no protocolo da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo a solicitação dos grupos para o Colegiado do CONDEPHAAT.

    Reply

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *