O Seminário Mulher Negra, Rio 24 e 25 de Outubro

Redação Kultafro,

Por Adriana Batista

O Seminário Mulher Negra Construindo Visibilidade Social, Política & Econômica, acontecerá nos dias 24 e 25 de outubro, no auditório da OAB/Rio, trazendo à tona vários temas relacionados à trajetória da população negra no Rio e no Brasil com foco especial no protagonismo das Mulheres Negras através dos panoramas e debates que serão expostos pelas convidadas.

Um dos objetivos do seminário é construir um espaço de mobilização permanente à cerca das demandas sociais, políticas e econômicas da população afro-brasileira, bem como criar uma rede de solidariedade numa perspectiva de visibilizar e contestar, de forma coletiva, as violências que todas as Mulheres Negras estão expostas.

Na programação, destacamos temas como Etnobotânica,meio ambiente e saúde da população negra; Segurança Pública; Violência Doméstica; Imprensa, publicidade e a pluralidade étnica do Brasil; Cultura negra e a defesa desse pertencimento e protagonismo; o petróleo brasileiro entre outros…

O seminário faz parte da Campanha MULHER NEGRA MOSTRA A SUA CARA, idealizado pela escritora e ativista, Ana Cruz em 2011.

As INSCRIÇÕES estão ABERTAS e são gratuitas. Haverá emissão de certificados.

 

 

SERVIÇO:

Data: 24 E 25 de outubro de 2013

Local: OAB/Rio – Rua Marechal Câmera, 150/9º.andar – Centro/RJ

Horário: dia 24 – das 14h ás 19:30

Dia 25 – das 9h às 19h

Entrada Gratuita

Classificação Etária: Livre

Aberto para todos os tipos de públicos.

 

PROGRAMAÇÃO

24/10 – quinta-feira

15h – Segurança pública, racismo institucional e violência contra a juventude negra.

· Profª Jacqueline Muniz. Drª em Segurança Pública

· Dra Sandra Machado – Advogada – Vice-presidente da Comissão da Igualdade Racial da AOB

· Dra. Roselene Sérgio Ribeiro – Advogada – Casa da Mulher de Manguinhos/ SEASDH e membro da CIR/OAB

 

17 h – Os conflitos enfrentados por artistas negros e/ou das periferias , nas relações com empresários; ações e políticas de fomento à cultura afro-brasileira.

· Dr. Antônio Mário Ferreira – Advogado -Consultor Jurídico -Coordenador do Movimento Negro Unificado/RJ

· Pepe & Nenem – Cantoras

· Rosângela Gomes (a confirmar)– Universidade das Quebradas/Programa Avançado de Cultura/ UFRJ

18h – Recordando Lélia Gonzalez e Neuza dos Santos Souza – Para enfrentar o racismo no Brasil.

· Maria da Consolação Lucinda –Drª em Antropologia Social.

18:30- Olympio Marques – Memória de um Negro (Olympio Marques dos Santos foi um jornalista negro que participou dos primórdios do IPCN, sendo um militante muito respeitado em sua época. No leito de morte escreveu sua autobiografia, Memórias de um Negro, que aponta um caminho para os negros resgatarem sua auto-estima e identidade, a autobiografia não foi publicada.)

· Fátima Lacerda- Jornalista pós graduada em História da África pelo PENESB – Mestra em Ciências Políticas.

 

Dia 25/10 – sexta- feira

9 h – Mulheres Negras e o enfrentamento com a violência, no trabalho na saúde, escola, no local de moradia e com sua família.

· Professora Dra.ª Benilda Brito -Instituto de Mulheres Negras Odara /Salvador.

10h – Rio: identidade construída pela diversidade cultural dos povos de diferentes países da África.

· Professora Elielma Machado UERJ – Dra. em Antropologia Cultural -Pós doutora Sociologia

10: 30 – Os recursos do Petróleo brasileiro e o empoderamento das Mulheres/ Não à privatização do petróleo, uma exposição de fatos.

 

· Coletivo de Mulheres da FUP

· Sindicato dos Petroleiros do Rio

· Dra. Ana Drumond – Diretora Executiva da Secretaria de Gênero, Raça e Etnia do SINPRO/Rio.

– A participação do sindicato na luta pela inserção de mulheres no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro.

· Manoel Vaz – Presidente do Sindicato da Construção Civil de São Gonçalo e Regiões.

 

11h – Desafios enfrentados nos trabalhos realizados pelas as organizações de Mulheres Negras no Rio, quais demandas a realidade nos impõem.

· Edmeire Exaltação – Socióloga e Coordenadora da

ONG Coisa de Mulher.

· Sheila Dias – Assistente Social – Mestranda em Serviço Social e Integrante da Associação de Mulheres Negras Aqualtune.

– Presença das Mulheres Negras nos programas sociais propostos pelas instituições governamentais.

· Neusa das Dores – Coordenadora Executiva de Políticas para Mulheres do CEDIM- Coordenadoria Estadual do Direito da Mulher.

· Rute Noemi. Advogada e Mestra em Serviço Social/Atua no Programa Justiça Comunitária.

14h – Mulheres sindicalistas dialogando, somando forças para os enfrentamentos com a discriminação de gênero e raça no local de trabalho.

· Socorro Lago – Secretária Executiva de Políticas para Mulheres da FENADADOS.

· Ivonete Truda- Secretária Executiva de Políticas para Mulheres -SINDPD – Rio

· Clátia Vieira – Fórum de Mulheres Negras / RJ

· Avanir Carvalho Pontes -Fórum de Mulheres Negras – SINPRO Rio

15h – Meio ambiente e saúde, apropriação dos conhecimentos fito terapêuticos Afro Brasileiro, pelas as indústrias farmacêuticas.

· Professora Ângela Gomes – Engenheira florestal e Drª em Etnobotânica Africana.

16h- Uma mídia na perspectiva Negra. Quais demandas de forma e conteúdo nos colocam esta construção levando em consideração a pluralidade da população negra.

· Luciana Barreto jornalista da TV Brasil.

· Angélica Basthi – jornalista COJIRA/Rio

 

Contato: Movimento& Mídia Soluções em comunicação: adriana_baptista@hotmail.com

(21) 9545 8156/ 6808 1283(claro)/ 8397 9214(TIM)

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *