Alvin Ailey, no máximo da performance

Por Luiz Paulo Lima

 

Quinta-feira chuvosa na cidade de São Paulo, 13:30hs, eu,  José alfredo (Pakuera) e  Rosa Andrade  reunidos em uma  sala vip do Credicard Hall , para o  encontro da Rede Kultafro com  a Alvin Ailey  American Dance Theater, uma das principais companhias de dança do mundo.

A Alvin Ailey  American Dance Theater, retorna ao Brasil pela terceira vez, para mostrar  como companhia de repertório ,muita emoção, como celebra enfaticamente Robert Blattle , o  terceiro Diretor Artístico da história  dessa companhia com 55 anos de tradição na dança americana contemporânea.

Nessa curta turnê  nas cidades  de São Paulo e Rio de janeiro, a companhia conhecida mundialmente como “Embaixadora Cultural do Mundo” , que já atingiu a marca de 23 milhões de expectadores em seis continentes. Um grupo é formado por 30 excepcionais bailarinos e apresenta a  inédita performance “Four Corners”, de Ronald K. Brown, com11 bailarinos  retrata na  coreografia os buscadores espirituais em meio a quatro anjos em pé nos cantos da terra, retendo os quatro ventos.

A organização Ailey, para  imaginarmos a escala do que ela  significa,  ainda inclui a Ailey II uma segunda companhia performática para talentos emergentes, jovens bailarinos e coreógrafos; a Escola Ailey, onde apresenta amplos programas de treinamento de dança do mundo; a Arley Arts in Education & Community Programs, que leva dança para as salas de aula, comunidades e para as vidas de pessoas de todas as idades e  The Ailey Extencion, um programa que oferece dança e aulas de fitness para o público geral, que começou com a abertura do maior edifício dedicado a Companhia Ailey em Nova York.

A Rede Kultafro entrevistou em torno de 25 minutos ,o Diretor Artístico Robert Battle, os 1ºs bailarinos da Companhia, a bailarina  Hope Boykin e o bailarino Glenn Allen Sims.

 

Robert Battle , Rosa Andrade, LP, Nabor Jr – foto PK

Robert Battle

KultafroDurante os 58 anos de vida ,  a  Companhia teve apenas três Coreógrafos e você é um deles. O que é comum nesta relação passado \presente?

Battle – Eu não vejo diferenças entre o passado ,presente e futuro, porque o que  a sustenta e fortalece o nosso trabalho é a emoção.

KultafroQuando termina uma apresentação magnifica e publico aplaude em pé , o que  você sente como coreógrafo?

BattleA eficiência do nosso trabalho vem da paixão que  toca a mente e o coração, você sabe…a companhia não é só estética, bailarinos perfeitos, cenários exuberantes, coreografias elaboradas, mas uma celebração à vida.

A cada apresentação fico amimado , mas sei que a criatividade é acompanhada do risco, e até um certo medo. Essa é uma formula.

KultafroTem estrangeiros na Companhia?

BattleSim, tem latinos, asiáticos, muita diversidade.

KultafroBailarinos  brasileiros, podem fazer parte do staff ?

BattleSim, podem. Já tivemos no passado,( Ismael Ivo) atualmente não há nenhum brasileiro.

KultafroQuero saber mais de você,  e como a dança entrou na sua vida e  chegou ao status de coreógrafo  em uma das principais Companhias de dança do mundo?

BattleAdorei a pergunta. Eu nasci  com as pernas tortas, minha mãe era muito pobre e então fui criado por outra família. Com essa ajuda foi possível  o tratamento das minhas pernas.  Isso foi fundamental  para minha vida. Usar as pernas me levou à dança.

E tudo isso permitiu eu estar nessa posição. Não è uma surpresa?

Esse começo é o que eu reconheço

LP, Rosa Andrade e Hope Boykin – foto PK

Hope Boykin

Kultafro – Em que momento cruza  a sua historia pessoal com a Companhia Alvin  Ailey?

BoykinSou da Carolina do Norte, comecei aos 3 anos de idade na ginastica. Minha mãe  que era diretora de escola me colocou na ginastica. E na escolinha de dança. Ela me colocou para essas atividades, porque era bom para a minha saúde. E eu fui porque era divertido.

Eu só dançava, dançava, dançava e na época  da Faculdade fui para Nova York e continuei dando prioridade à dança. Só que  eu queria adquirir mais técnicas, portanto  procurei a Companhia. Tudo que eu coloco como meta eu me esforço e consigo atingir

 

LP Rosa Andrade Glenn Allen Sims -foto PK

Glenn Allen Sims

Kultafro Como foi a sua formação na dança?.

Foi uma formação clássica,  completa e dentro da  Companhia Alvin Ailey, que mantém uma fundação, para preparar bailarinos e coreógrafos. Todos passam por uma rigorosa formação de Ballet Clássico.

KultafroA Companhia Alvin Ailey é conhecida mundialmente como uma Companhia de repertório?

Sims A diversidade de repertório, além de estimular a criação de novos movimentos e coreografias, evita o cansaço normal de apenas um repertório. Isso anima e alegra  a equipe. Nuca fica chato.

KultafroMuitas viagens e mais  23 milhões de pessoas  assistiram os espetáculos , quais  as semelhanças e diferenças de reação desse diferentes públicos?

SimsInteressante a pergunta, pois a manifestação do público em relação ao entendimento da proposta e emoção, são muito semelhantes em todas as apresentações. Mas a energia de cada país é distinta e é acrescentada a nós bailarinos e coreógrafos.

Kultafro Você se considera um profissional famoso?

Sims Sim , de uma maneira especial, mas nada como um Brad Pitt.

Colaboraram nessa entrevista: Rosa Maria Tavares Andrade, José Alfredo ( Pakuera) e Nabor Jr.

Fotografias: José Alfredo (Pakuera)

Agradecimentos: Marione Tomazoni, Maria Estela Correa, Zainabu Willians

 

Serviços

Dias 19,20 sde Setembro

Horário:às 21hs

Dia 21 

Horário: 17 e 21hs

Dia 22

Horário: 16 e 20hs

Preços variam de R$25,00 à R$320,00

Local : Credicard Hall \ Av. das nações Unidas 17955

 

Comments: 2

  • leno
    Leno Silva setembro 20, 2013

    Parabéns pela entrevista, que trouxe a importância e a dimensão do trabalho da Companhia Alvin Ailey American Dance Theater!
    Abraços,

    Reply
  • Rosyabe Silva setembro 20, 2013

    ótima matéria,leve e gostosa de ler essa entrevista!!!

    Reply

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *