“…Silêncio, o sambista está dormindo…” Morre Hélio Rubi

Por Redação Kultafro,

A comunidade do Kolombolo da Vila Madalena, e do mundo do samba hoje chora a saudade do grande compositor, cantor Hélio Rubi que morreu  em São Paulo. Seu sorriso, voz e poesia, marcaram muitas rodas de samba pelo Brasil a fora.
Filho de pandeirista e avó crooner de orquestras, viveu no meio musical desde pequeno. Cresceu ouvindo músicas de Candeia, Roberto Ribeiro, Cartola, Nelson Cavaquinho, Mestre Marçal, João Nogueira, Noel Rosa, Lupicínio Rodrigues  Bezerra da Silva, Adoniram Barbosa, Geraldo Filme, Talismã, Zeca Pagodinho, Almir Guineto entre outros ilustres sambistas. Escreveu seu primeiro samba aos 10 anos de idade, intitulado “Duas Poetisas” em homenagem a sua mãe e sua avó.
Nos anos 90, fundou os grupos “Juventude Negra”, “Novidade antiga” e “Cinco Quinas”. Em 1997, teve sua primeira música gravada, “Seus Olhos” , pelo Grupo Juventude negra. Fez parcerias com vários compositores importantes na cena paulista. Podemos destacar Aírton Santa Maria, Edu Batata, Zélão, Wilson Sucena, Seu Miriti entre outros.
Hélio Rubi, passou como compositor e interprete em quase todas as Escolas de Samba de São Paulo,: Vai Vai, Nenê da Vila Matilde, Leandro de Itaquera, Camisa Verde e Branco, Tom Maior, Morro da Casa Verde. Participou como convidado em shows de grandes artistas como Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Seu Jair do Cavaco, Oswaldinho da Cuíca, Fabiana Cozza, Eduardo Gudin, Jõao Borba entre outros.
…E foi mais um que se foi sem dizer adeus…… Silêncio…. Silêncio….Silêncio.. (Geraldo Filme)

Seu Carlão da Peruche, Hélio Rubi, Zé Maria

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments: 1

  • aguinaldo irmao abril 13, 2013

    BOM NOITE AMIGOS, ESTAMOS TRISTES E FELIZES CONHECEMOS UM IRMAO AMADO SIMPLES ,HUMILDE QUE ESTAVAMOS SEMPRE JUNTOS, DEUS O CHAMOU O SAMBA NAO MORREU NASCEU EM HELIO RUBI MESTRE UM ABRAÇO IRMAO PIRITUBA

    Reply

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *