Morre o Escritor Chinua Acheb

Por Luiz Paulo Lima

Esse mês de Março, não está sendo fácil. Quarta feira (20) foi Emílio Santiago e hoje faleceu na cidade de Boston, o escritor nigeriano Chinua Acheb, que além estadista dissidente foi protagonista na literatura moderna no continente africano.
Seu livro mais famoso, “O Mundo se Despedaça”, foi vencedor do Man Booker International Prize de 2007. Esse livro foi concebido em uma trilogia que o autor deu continuidade com “A Man of The People” e “Arrow of God’. Ele também escreveu contos, poemas, histórias políticas e uma sátira política, chamada “The Anthills os Savannah” (Os Formigueiros de Savannah, em tradução livre).
Como nigeriano, Achebe viveu e ajudou a definir uma mudança revolucionária em seu país, da independência à ditadura até à guerra entre a Nigéria e o país separatista Biafra, em 1960. Ele viveu parte da vida adulta nos Estados Unidos, mas nunca parou de clamar pela democracia em seu país e resistia às honras literárias de um governo que ele se recusava a aceitar. ).

Paralisado da cintura para baixo desde um acidente de carro em 1990, o escritor viveu durante anos numa casa no campus de uma escola de artes no norte da cidade de Nova York, onde ele lecionava. Em 2009, ele passou a lecionar línguas e literatura na Brown University.

Chinua Acheb

Luiz Paulo Lima

Luiz Paulo Lima

Jornalista, BK4 Comunicações

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *